ABIHMG

Palavra da presidente

Palavra da presidente
Diminuir tamanho da fonte Aumentar tamanho da fonte Tamanho do Texto Imprimir esta Página

Cada vez mais Belo Horizonte tem deixado de ser segunda opção para aqueles que desejam aproveitar o carnaval. Com o resgate dos tradicionais bloquinhos de rua, e agora também com a realização de festas particulares, tem crescido o número de turistas e também de mineiros que ao invés de colocar o pé na estrada decidem curtir o carnaval na capital mineira. O carnaval deste ano deve levar quase 2,5 milhões de foliões para as ruas.

No entanto, há menos de duas semanas da folia o impacto positivo na hotelaria ainda é tímido. A famosa hospitalidade mineira ainda leva muito dos nossos turistas a se hospedar na casa de amigos e parentes e, por isso, mesmo com diárias competitivas e atrativos preparados pelas redes hoteleiras, o resultado ainda não é tão animador. As reservas estão aquém do esperado, algo em torno de 40% e com uma diária média inferior aos valores praticados do ano passado. A expectativa é de que as reservas realizadas de última hora tragam um impacto melhor do que em 2016.

Também não podemos esquecer do carnaval no interior do Estado, em cidades já consagradas pela folia como Diamantina, Ouro Preto e São João Del Rei. A hotelaria nessas cidades também espera por resultados melhores. O certo é que como bons mineiros estamos fazendo o nosso melhor, usando e abusando da criatividade, para receber a todos e fortalecer nosso Estado como um destino turístico cada vez mais atrativo.