ABIHMG

Moradias temporárias nos hotéis

Moradias temporárias nos hotéis
Diminuir tamanho da fonte Aumentar tamanho da fonte Tamanho do Texto Imprimir esta Página

Uma oportunidade de negócios começa a ganhar mais atenção das redes hoteleiras: o sistema long stay, que consiste em atrair hóspedes moradores, os chamados mensalistas. Por motivos variados, como mudança de local de trabalho, reforma residencial, profissionais em viagem, separação ou por apenas comodidade os hotéis vêm se tornado uma opção de residência temporária. Aproveitando essa tendência, empresas hoteleiras estão buscando cada vez mais atrair o chamado mensalista.

Para a presidente da ABIH-MG, Patrícia Coutinho, a modalidade oferece aos hóspedes a comodidade dos serviços de hotelaria em um ambiente cada vez mais familiar. “Esse nicho de mercado tem ganhado força, cada hotel identifica a sua demanda e destina uma porcentagem dos quartos a este serviço, o que não quer dizer que os hotéis estejam se transformando em residências. É uma modalidade que sempre existiu e ganha garante retorno para os hotéis e um alto poder de negociação para os clientes. Nos hotéis se destacam devido a infraestrutura oferecida, comodidade e ainda por associar a privacidade de uma residência a outros serviços de hospedagem como arrumação básica, café da manhã e estacionamento”, explica Patrícia.